0
Obrigado

Casamento engorda, diz estudo. Mas é possível evitar

Nutricionista orienta como impedir que a vida a dois comprometa a balança

Com alimentação saudável e exercícios a dois, evita-se engordar após o casamento.


Um estudo recente, divulgado pela Social Science and Medicine do Reino Unido, aponta que o casamento faz engordar, em média, 2,4 kg por ano. A pesquisa foi feita com mais de 10 mil pessoas em diversos países da Europa e os cientistas identificaram um Índice de Massa Corporal (IMC) mais alto em pessoas casadas. 

A conclusão dos cientistas foi de que os casados comem melhor e por isso aumentam a quantidade de comida ingerida. Outra conclusão foi que, em grande parte, os casais engordam porque deixam de fazer exercício físico. Para a nutricionista  Isabel Jereissati a pesquisa feita na Europa também reflete a realidade brasileira. 

"O que vejo diariamente no consultório são histórias de pessoas que ganharam peso após o casamento e, principalmente, após o nascimento dos filhos. Mas na verdade o que engorda é a mudança do estilo de vida. Os adultos jovens geralmente são mais ativos e gastam menos dinheiro com comida, e ao envelhecerem, após o casamento, passam a ter uma vida mais sedentária e o entretenimento está na comida", conta Isabel.
 

Para evitar o ganho de peso e preservar a saúde, a nutricionista recomenda manter um horário para se exercitar diariamente e ser ativo fisicamente:usar escadas em vez de elevador e escada rolante, caminhar, cozinhar e brincar com as crianças. 

Estas pequenas escolhas ajudam a manter o corpo e a mente em atividade. "É preciso ainda lembrar que comida não é a única fonte de prazer. Buscar atividades de lazer que não estão associadas a farturas de comida, como ir ao teatro, shows,  praia, parques, lagoas, cachoeiras e andar de bicicleta", sugere Isabel Jereissati.
 

Conciliando os hábitos

Adaptar-se aos hábitos do cônjuge foi uma das justificativas para o aumento de peso mais apontadas pelos casais pesquisados.  Sem dúvida, o casamento exige a prática diária da tolerância, carinho e respeito às diferenças. Hábitos alimentares e gostos diferentes são previsíveis, quando se fala de duas pessoas distintas. 

Para evitar confusão, ambos os lados devem ceder, e, quando possível, fazer a vontade do outro. Mas isso não significa piorar a qualidade da alimentação somente para demonstrar afeto.
 
O fato de ir a churrascaria para fazer a vontade do companheiro não significa comer batata frita, picanha e sorvete se não está acostumado.  A maioria dos restaurantes é capaz de agradar vários paladares, oferecendo uma vasta quantidade de alimentos menos calóricos.

No preparo da comida em casa, também é possível conciliar o paladar de ambos, fazendo pequenas mudanças no preparo. Retirar uma parte do feijão antes de adicionar o sal, preparar o macarrão com molho de tomate fresco e sem gordura. Ou mesmo preparar à parte um refogado de berinjela, abobrinha e cenoura para adicionar no final à massa, são ideias que ajudam a cortar calorias no dia a dia do casal.
 

Cuidados antes de casar

Mas o processo de ganho de peso pode começar antes mesmo do matrimônio e convém ficar alerta ainda durante os preparativos. Prova de doces, buffet e bolo, além da agenda corrida para conciliar trabalho,  comemorações, ginástica e preparativos do casamento, são um desafio para as noivas que desejam manter ou iniciar uma dieta mais saudável. 

Para seguir uma alimentação de qualidade durante os meses que antecedem o dia da festa de casamento é essencial planejamento e disciplina.
 
"Recomendo que a noiva  organize no dia anterior suas refeições do dia seguinte. Quando não for possível obter refeições com alimentos naturais, o preparo de marmitas e lanches, repletos de frutas e verduras frescas,  cereais integrais e proteínas magras, ajuda a garantir nutrientes importantes para ter um corpo e peso saudáveis", ensina a nutricionista Isabel Jereissati.
 
Evitar pular refeições, comer de três em três horas e se hidratar a cada uma hora, são atitudes importantes para quem deseja manter uma vida mais saudável, independente da fase de vida em que se esteja. 

Outro aspecto que não deve ser esquecido é ter horário reservado na agenda par os exercícios físicos. E se o casal fizer atividades junto, pode favorecer ainda mais a relação.
 
Copyright foto: iStock
Este documento, intitulado 'Casamento engorda, diz estudo. Mas é possível evitar', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.