0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Selena Gomez conta detalhes sobre seus 90 dias de internação

A cantora abriu o jogo em entrevista à InStyle americana de setembro, dizendo que participou de terapia equina e ficou sem telefone durante todo o tempo

Selena Gomez disse que ficou até sem fazer o cabelo durante a internação. © Timpone/BFA/Shutterstoc/SIPA


No ano passado, Selena Gomez ficou afastada dos holofotes para tratar problemas emocionais e exaustão após ser diagnosticada com lúpus. Pela primeira vez, a cantora de 25 anos contou como seus dias de isolamento foram importantes para sua recuperação física e mental. 

Em entrevista à edição de setembro da revista americana InStyle, a pessoa mais seguida do Instagram revelou porquê cancelou a turnê em 2016 para se concentrar em sua saúde. "Fiquei ausente por 90 dias, e foi o melhor que eu já poderia ter feito", afirmou. "Eu não tinha telefone, nada, e eu estava com medo. Mas foi incrível e eu aprendi muito", completou Selena.

Na recuperação, ela disse que seu desligamento do mundo exterior e sua vida como celebridade foi essencial no processo de recuperação. "Eu estava no campo e nunca fiz meu cabelo", falou. "Participei de uma terapia equina, que é tão bonita. E foi difícil, obviamente. Mas eu sabia o que meu coração estava dizendo, e pensei: ok, acho que isso me ajudou a me tornar mais forte para outras pessoas", disparou.

Selena Gomez, que atualmente namora o cantor The Weeknd, acabou de lançar o single "Fetish". Mas, mesmo depois de retomar sua vida e carreira, ela afirma que continua fazendo terapia.

"Eu queria estar em um espaço forte por anos, e eu realmente não estava. Antes, eu era tão jovem e facilmente influenciável, e eu me sentia insegura", confessou. E sobre o amado, ela não poupou elogios: "Tenho sorte porque ele é mais um melhor amigo do que qualquer outra coisa".

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Selena Gomez conta detalhes sobre seus 90 dias de internação', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo