Aos 74 anos, Aretha Franklin anuncia aposentadoria dos palcos

Cantora ícone do soul, dona de sucessos como “Respect” e “Chain of Fools”, revelou que vai deixar de fazer shows a partir deste ano

Aretha Franklin deve abandonar os palcos após o lançamento de seu novo disco, previsto para setembro.

Após 56 anos de carreira na música, a diva do soul Aretha Franklin anunciou que vai se aposentar dos palcos. A cantora, que está com 74 anos, revelou à emissora WDIV Local 4, de Detroit (EUA), que pretende deixar de fazer shows depois do lançamento de seu novo álbum, feito em parceria com Stevie Wonder e previsto para sair em setembro.

"Tenho que dizer, me aposento este ano", afirmou. Em seguida, Aretha adiantou que não pretende parar totalmente e deve ainda gravar mais alguns discos. “Este será meu último ano. Eu ainda gravarei, mas este será meu último ano de shows. Isso é tudo", explicou. A cantora disse ainda que irá trabalhar apenas em "algumas coisas seletas" para poder dedicar a maior parte de seu tempo a seus netos.

Vencedora de 18 prêmios Grammy, a dona dos sucessos "Respect" e "Chain of Fools" disse que a aposentadoria é "amarga e doce ao mesmo tempo", porque a música "é o que fiz toda minha vida", ressaltou. “Me sinto muito enriquecida e satisfeita por onde minha carreira começou e onde ela está agora. Continuarei assim, mas não vou a lugar algum para me sentar e não fazer nada. Isso também não seria bom”, acrescentou.

Ainda de acordo com Aretha, ela deve sair em uma breve turnê para divulgar seu novo disco, que será o 42º de sua carreira. A ideia será fazer “no máximo um ou dois shows por mês” por cerca de seis meses. Antes disso, a cantora tem algumas apresentações marcadas em diferentes cidades americanas entre março e junho. 

Copyright foto: Shutterstock/SIPA

Este documento, intitulado 'Aos 74 anos, Aretha Franklin anuncia aposentadoria dos palcos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.