30
Obrigado

Conheça os benefícios da urtiga para a saúde

A urtiga traz inúmeros benefícios para a saúde, como redução do nível de açúcar no sangue e alívio dos sintomas de doenças reumáticas 

A urtiga é muito rica em vitaminas, principalmente as do complexo B, C e K.  © iStockphoto.com/dulezidar


De origem asiática e europeia, a urtiga, também chamada ortiga, é utilizada pelo homem desde 4000 a.C. Suas fibras foram utilizadas na fabricação de tecidos e mais tarde na produção de papel. Atualmente, é o poder medicinal da urtiga que chama a atenção.

A planta, que pode ser incorporada à alimentação ou usada na composição de cosméticos, é muito rica em vitaminas, principalmente as do complexo B, C e K. Além de possuir minerais, como o magnésio e o ferro, oligoelementos, betacaroteno, aminoácidos e cálcio. 

Priscila Amadio, nutricionista da Clínica Chiquetá, em São Caetano do Sul, destaca alguns dos benefícios da urtiga:

  • redução do teor do ácido úrico no sangue, o que é bastante benéfico ao organismo, já que essa substância em excesso pode causar doenças cardivasculares;
  • alívio de sintomas de artrose, de gota e de outras manifestações reumáticas;
  • melhora da irrigação sanguínea em todo o corpo;
  • melhora do aspecto das unhas, combatendo as unhas fracas.
  • ação anti-inflamatória, que ajuda no tratamento de doenças respiratórias, como asma e bronquite.

E para quem sofre com o diabetes tipo 2 (versão mais comum da doença), a urtiga pode ser de grande ajuda quando combinada com o tratamento médico. “Os chamados extractos hidroalcoólicos de urtiga mostraram diminuir alguns mediadores inflamatórios (citocinas) em pacientes com diabetes tipo 2 com capacidade efetiva de reduzir os níveis de açúcar no sangue”, esclarece Liliane Roche, nutricionista e chef na Nutrichef, no Rio de Janeiro.

Contraindicações da planta

De acordo com as profissionais, o ideal é não ultrapassar o consumo de 1 colher de sopa da urtiga picadinha por dia. Isso porque, ao exagerar na dose, podem surgir problemas, principalmente, no caso das mulheres.

A urtiga em excesso pode causar alterações no ciclo menstrual e também não é indicada para as grávidas, por conta do seu poder abortivo. Quanto aos cosméticos à base da planta, esses podem causar alergias. Por isso, o ideal é fazer o teste do antebraço antes de iniciar o tratamento com a urtiga.  

Além disso, por conta da sua ação sobre os rins e os hormônios, pessoas que sofrem com doenças renais ou fazem uso de medicamentos contra essas patologias, devem procurar um médico antes de passar a consumir a urtiga.

Já para cozinha!

Para quem quer inovar no consumo da planta e deixar de lado o chá de urtiga, algumas receitas com a erva são muito bem-vindas. É possível usar o ingrediente em sucos, tortas, sopas, entre outras preparações.

A chef Ana Stellato ensina aos leitores d'A Revista da Mulher a receita de suco de abacaxi, urtiga e hortelã. Veja também: Receita de pastinha de ricota com urtiga e Receita de quiche de queijo com urtiga

Suco de abacaxi, urtiga e hortelã

Ingredientes:
6 fatias finas de abacaxi
1 xícara de chá de folhas de urtiga
4 colheres de sopa de hortelã natural
500ml de água gelada
2 colheres de chá de açúcar light.

Modo de preparo:
No liquidificador, coloque todos os ingredientes e bata bem por 2 minutos. Caso prefira, peneire ao final. Decore o suco com uma rama de hortelã, para dar um toque pessoal ou bater com muito gelo para criar uma espécie de frozen.

Este documento, intitulado 'Conheça os benefícios da urtiga para a saúde', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.