0
Obrigado

Brechó de casamento: veja como reaproveitar itens da festa

Saiba como vender, customizar, doar ou repaginar diversos artigos usados no grande dia

Pela internet, os casais conseguem vender os trajes, decoração e vários itens do casamento.


Depois do casamento, fica a pergunta: o que fazer com toda a decoração, comida excedente e até mesmo o vestido usado na celebração das bodas? Hoje em dia, enquanto alguns casais desapegados doam tudo que envolve a festa, outras buscam alternativas para reaproveitar e até faturar com alguns itens usados no casamento.

Nesta nova tendência, conhecida como brechó de casamento, os noivos ganham uma renda extra com a venda de objetos e roupas usadas no grande dia. “Além disso, o casal pode fazer uma boa ação ao passar adiante alguns itens e também usar a criatividade para dar um novo uso para uma lembrança carregada de boas energias”, afirma Leonardo Casartelli, gerente de marketing do iCasei.

Vende-se vestido de noiva

Para as noivas que compraram o vestido e não querem deixar a peça esquecida no fundo do armário, existem brechós online especializados que ajudam a vender o traje. Inclusive o vestido das madrinhas e daminhas de honra. O Usei Uma Vez, por exemplo, surgiu pela própria necessidade da sua fundadora, Ana Luisa Lemos.  

No próprio portal, ela conta como foi a experiência: “Tive vontade de vender meu vestido de noiva, pois achava uma pena deixar guardado algo tão lindo que poderia fazer alguém tão feliz como fez a mim no dia em que me casei”. Para vender a peça, é preciso fazer um cadastro e aguardar a aprovação. 

Já no Sempre Noiva, a blogueira Joanna Pivotto fez uma espécie de “cantinho de vendas”, onde as próprias noivas conseguem postar o anúncio com fotos mediante ao pagamento de uma taxa de R$ 50,00. “A procura é imensa e o sucesso de vendas é surpreendente! Todo dia alguém me manda e-mail agradecendo por ter vendido o vestido graças ao blog”, diz na página pessoal.

Outros sites mais abrangentes, como o Enjoei.com, também funcionam como brechó e trazem a opção de comercializar tudo: sapatos e outros acessórios, roupas do noivo, itens de decoração, etc. Para quem quer fazer uma boa ação, existem instituições que recebem os trajes usados no casamento e encaminham para outros casais. Se os noivos não conhecem ninguém que está precisando, procurar uma instituição de caridade ou igreja é a melhor alternativa. 
 

Reaproveitando (quase) tudo

A atriz Keira Knightley surpreendeu os fãs quando foram divulgadas as fotos do seu casamento com o músico James Righton há três anos. O vestido rosa da Chanel que ela escolheu para o grande dia já havia sido usado antes em um tapete vermelho do Bafta em 2008 e, depois, em um evento em Londres também em 2013. 

Seguindo o exemplo da atriz, muitas mulheres estão usando a criatividade para cortar, bordar, encurtar, enfim, reaproveitar o vestido de noiva, usando a peça em várias outras ocasiões. E não só o vestido, mas muitos outros itens do casamento podem ser úteis no dia a dia. Veja as dicas de Leonardo Casartelli, do iCasei: 

Decoração: nos preparativos, opte por itens de decoração que depois sirvam para enfeitar a casa nova. Entre as sugestões, estão porta-retratos ou letras de madeira, lousas decoradas, luminárias e vasos.

Véu: além da opção do brechó de casamento, é possível guardar o véu da noiva para transformá-lo em mosquiteiro para o berço do primeiro filho ou, então, emoldure um pedaço com renda ou bordado para enfeitar o quarto do casal.

Comida: a mesa farta é comum em casamentos, e a maioria dos buffets não doa o que sobra. Alguns oferecem uma solução: entregar duas panelinhas decoradas com marmitas para os noivos. Assim evita o desperdício e os donos da festa experimentam o menu, pois na correria nem sempre dá tempo.

Docinhos: entregue no fim da festa sacolinhas ou caixinhas para os convidados levarem os doces do casamento para casa. Se antes isso não era elegante, hoje é considerado um mimo e pode vir acompanhado de um cartão de agradecimento ou frase caligrafada na própria embalagem. 

Copyright foto: iStock

Este documento, intitulado 'Brechó de casamento: veja como reaproveitar itens da festa', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.