2
Obrigado

Teste do olhinho identifica catarata e outros problemas de visão em bebês

Trata-se de um exame de rotina realizado em todo recém-nascido para evitar e detectar certas doenças que podem se manifestar posteriormente

Descubra a importância do teste do olhinho nos bebês.


O teste do olhinho é um dos mais importantes que os bebês devem fazer quando nascem. O exame tem como objetivo identificar problemas que prejudicam o eixo visual, como catarata, glaucoma congênito e outros problemas que, se percebidos precocemente, possibilitam o tratamento no tempo certo e o desenvolvimento normal da visão.

Segundo Maria Cristina Senna Duarte, pediatra e diretora da Neovacinas, o teste do olhinho também é capaz de identificar as principais causas de cegueira na infância e o retinoblastoma (tumor intraocular mais frequente em crianças). Outras doenças que também podem ser identificadas são retinopatia da prematuridade, persistência do vítreo primário hiperplásico, doença de Coats, toxoplasmose, toxocaríase, hemorragia vítrea, coloboma e até altas ametropias.

Como é realizado?

O exame é simples: não precisa de colírio e é indolor e rápido (de dois a três minutos, apenas). De acordo com a pediatra, o teste do olhinho consiste na identificação de um reflexo vermelho que aparece quando um feixe de luz ilumina o olho do bebê. Para que esse reflexo apareça, é necessário que o eixo óptico esteja livre, ou seja, que não haja nenhum obstáculo ao desenvolvimento da visão do bebê. Sendo assim, quando o reflexo aparece, significa que o bebê não possui nenhum problema de visão.

Para o teste é necessário um aparelho de uso exclusivo dos médicos, o oftalmoscópio direto, posicionado próximo aos olhos da criança. Trata-se de um exame de rotina realizado em todo o recém-nascido e que deve ser repetido nas consultas pediátrica e/ou oftalmológica, pois algumas doenças podem não estar presentes nos primeiros dias de vida e se manifestarem posteriormente.

“Depois disto, [o exame] continua sendo importante, nas consultas regulares de avaliação da criança, com a periodicidade definida pelo médico. Se o pediatra encontrar algum problema, vai encaminhar a criança para avaliação do oftalmologista. Nos primeiros 30 dias de vida é repetido em toda consulta pediátrica e/ou oftalmológica”, explica a médica.

Onde fazer?

O teste do olhinho é realizado na maternidade por um pediatra, mas se alguma alteração é identificada, o bebê deve ser encaminhado para o oftalmologista para a realização de exames mais específicos. 

Apenas dez estados brasileiros e o Distrito Federal possuem leis que garantem o teste em hospitais e maternidades públicas e privadas. São eles: Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Desde junho de 2010 o teste do olhinho é obrigatório nos planos de saúde, e também é realizado em municípios participantes da Rede Cegonha, campanha lançada pelo Ministério da Saúde em 2014.

Copyright foto: iStock
Este documento, intitulado 'Teste do olhinho identifica catarata e outros problemas de visão em bebês', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.