SPFW: Leve, Iódice revisita peças do vestuário nordestino

Com cores terrosas e peças leves, Iódice reinventa peças do vestuário nordestino 

Desfile da Iódice na São Paulo Fashion Week verão 2016.


Com Caetano Veloso na trilha-sonora, a Iódice apresentou sua releitura do nordeste brasileiro em desfile nesta quinta-feira, 16, penúltimo dia da São Paulo Fashion Week.

Diferente da interpretação da Têca por Helô Rocha, com seus elegantes vestidos inspirados na baiana do imaginário popular, as peças da Iódice vieram leves para a passarela. Em algodão e linho, as peças da coleção devem esperar um verão 2016 quente como o nordeste. 

Com verde e rosa queimados, e diversas cores terrosas, a marca imprimiu as cores e símbolos da natureza local nos looks da passarela. As pequenas margaridas das camisas da coleção foram ponto alto no desfile, combinadas com bermudas curtas e saias de látex.

Os famosos vestidos de chita, um patrimônio da região, ganharam versão chic na interpretação da Iódice. Destaque também para os tops com amarração no peito e para os vestidos de renda com forro prateado.

Copyright foto: Francisco Cepeda / AgNews
Este documento, intitulado 'SPFW: Leve, Iódice revisita peças do vestuário nordestino', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.