0
Obrigado

Elton John sugere boicote à Dolce & Gabbana

Elton Jonh fez apelo em seu Instagram sugerindo boicote à grife Dolce & Gabbana, após os designers da marca terem criticado o uso de inseminação in vitro com  fins de paternidade ou maternidade de casais homossexuais

O cantor inglês Elton John ao lado de seu marido, David Furnish, no dia da cerimônia de seu casamento civil, em 2014.


O cantor inglês Elton Jonh decidiu boicotar a grife italiana Dolce & Gabbana. O alvo são os designers da marca que fizeram críticas à procriação por inseminação assistida para casais homossexuais que desejam ter filhos, por intermédio de mães de aluguel ou doadores de sêmen.  O pop star mostrou sua indignação através de mensagens em sua conta na rede social Instagram. 

Em uma entrevista para a revista italiana Panorama, os dois estilistas, Domenico Dolce e Stefano Gabbana, teriam expressado a rejeição aos casais homossexuais que formam uma família através de outros modos de concepção que não os naturais. "Nós somos contra a adoção de crianças por homossexuais. A única família é a família tradicional. Sem procriação química, sem aluguel de úteros. As crianças nascidas desta forma são como crianças sintéticas", declararam à revista.

Homossexual assumido e casado oficialmente desde 2014 com seu companheiro David Furnish, Elton John é pai de duas crianças nascidas através de inseminação artificial e barriga de aluguel.

Na mensagem em seu Instagram, o cantor escreveu: "Como ousam chamar minhas lindas crianças de "sintéticas"? Vocês deveriam se envergonhar por fazer um julgamento raso à respeito da fecundação in vitro, um verdadeiro milagre da ciência, que tem possibilitado a felicidade de várias pessoas que se amam, tanto faz se gay ou hétero, mas todos unidos no mesmo sonho de ter filhos. Seus pensamentos arcaicos estão completamente por fora, assim como a moda de vocês. Eu estou certo de nunca mais usar Dolce & Gabbana em minha vida", e finalizou com a hashtag #BoycottDolceGabbana.

Copyright foto: Abaca