0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Yoko Ono vai produzir filme sobre seu relacionamento com John Lennon

Longa-metragem será centrado na história de amor e ativismo do famoso casal de artistas, que ficaram juntos por 11 anos

John Lennon e Yoko Ono se casaram em 1969 e ficaram juntos até a morte do cantor.


Um dos casais mais emblemáticos do showbusiness terá sua história contada nos cinemas. De acordo com o site The Hollywood Reporter, o complexo relacionamento entre Yoko Ono e o ex-Beatle John Lennon será transformado em um filme inédito de ficção, que vai documentar o romance e as causas anti-bélicas defendidas pelos dois.

Ainda sem título, o projeto vai contar com a participação direta de Yoko na produção, ao lado de Michael De Luca (A Rede Social), e terá roteiro assinado por Anthony McCarten (A Teoria de Tudo). Em um comunicado oficial, a equipe explicou que o longa será “focado em temas maduros e relevantes como amor, coragem e ativismo nos Estados Unidos, com a intenção de motivar as novas gerações a se mobilizarem e terem uma visão clara do mundo que elas querem”.

Lennon e Ono se conheceram em novembro de 1966, quando o músico ainda era casado com a primeira esposa, Cynthia Powell. O então casal veio a se separar apenas em agosto de 1968 e o segundo casamento só foi realizado em março do ano seguinte. 

Durante os 11 anos de relacionamento, John e Yoko trabalharam juntos em diversos projetos artísticos, além de atuarem ativamente em movimentos pacifistas. Os dois tiveram um único filho, Sean Lennon, e mantiveram a relação até a morte de John, em dezembro de 1980.

Copyright foto: Rex Features/REX/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Yoko Ono vai produzir filme sobre seu relacionamento com John Lennon', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo