0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Jamie Oliver completa 40 anos

Considerado um dos chefs mais populares e bem-sucedidos do mundo, o inglês Jamie Oliver chega aos 40 anos com patrimônio estimado em US$ 380 milhões

Aos 40 anos, o chef inglês Jamie Oliver acumula um patrimônio de estimados US$ 380 milhões, cinco marcas de restaurantes, 16 livros de culinária e 28 programas de TV exibidos no mundo inteiro.


Além da excelência em gastronomia, Jamie Oliver coleciona êxitos também fora da cozinha. Considerado um dos chefs mais populares e bem-sucedidos do mundo, o inglês completa 40 anos nesta quarta-feira (27) com com patrimônio estimado em US$ 380 milhões, cifra proveniente do sucesso de suas cinco marcas de restaurantes, diversos contratos publicitários, 16 livros de culinária e 28 programas de TV exibidos em mais de cem países. 

Em duas décadas de carreira, Jamie provou ser um verdadeiro apaixonado por comida, começando os estudos de restauração aos 16 anos, na prestigiada Westminster Kingsway College, em Londres. Foi em 1997 que Jamie acabou sendo descoberto por um canal de TV britânico, depois de ter participado de um documentário televisivo sobre o aclamado restaurante River Café, em Paris, onde trabalhava na época. Logo, o rapaz ganhou seu próprio programa, chamado The Naked Chef

De cara, Jamie ganhou a simpatia do público com sua maneira simples de valorizar e tratar a comida, com o estilo “mão na massa”, tornando a gastronomia acessível a todos. A partir do programa, foram lançados os primeiros livros do chef, baseados nas receitas transmitidas no ar. Por volta de 2001, o britânico já era conhecido fora das fronteiras da Inglaterra e passou a se engajar em causas humanitárias pautadas pelo universo da culinária.

Além de criar um restaurante para treinar jovens sem perspectivas de trabalho ou com pouco tempo de estudos, Jamie entrou de cabeça na sensibilização social em torno da qualidade da comida nos refeitórios das escolas britânicas. Para tal, o chef lançou uma campanha nacional, chamada Feed Me Better, apelando para menus mais saudáveis nas cantinas escolares e incentivando as crianças a comerem melhor. Do projeto, nasceu a Jamie Oliver Food Foundation, que controla três programas educativos em torno da alimentação em escolas e comunidades, com jovens de toda a Grã-Bretanha.

Com o sucesso da empreitada, Jamie decidiu por um novo desafio na carreira. Em 2005, viajou pela Itália documentando suas aventuras gastronômicas em uma série de dar água na boca. Um apanhado da experiência foi transformado em livro, A Itália de Jamie, lançado em 2007 no Brasil. Desde então, o chef inglês não parou de acumular bons resultados com outras publicações e programas televisivos que levam seu nome. 

Como não poderia faltar, Jamie também investiu em estabelecimentos próprios, de onde nasceu a rede de restaurantes Jamie’s Italian, especializados em cozinha italiana – paixão assumida do chef. Inaugurada em 2008, a marca conta atualmente com 50 unidades pelo mundo, incluindo uma no Brasil, aberta em março de 2015, em São Paulo. No setor de restauração, Jamie conta também com outros quatro estabelecimentos em território inglês: Barbecoa, especializado em carnes e grill; Fifteen, restaurante sem fins lucrativos, que forma jovens aprendizes sem recursos financeiros; Union Jacks, focado em pratos típicos da cozinha britânica com produtos locais e sazonais; Jamie Oliver's Diner, inspirado em clássicos tradicionais das lanchonetes dos Estados Unidos e Inglaterra.

Marido dedicado e pai de quatro filhos, Jamie Oliver mostra que está sempre envolvido em novos desafios. Desde 2013, mantém um canal online no Youtube com mais de 1,5 milhão de assinantes, onde divide novas receitas e ensina técnicas de cozinha através de tutoriais - muitas vezes atendendo a pedidos dos internautas. E para completar, seu livro mais recente, Jamie’s Comfort Food, foi lançado há menos de um ano. Alguém ainda duvida que o inglês é um fenômeno? 

Copyright foto: DDAA/ZOB/WENN.COM/SIPA