Moschino leva bonecas de papel às passarelas

Em um desfile criativo (e muito divertido), Jeremy Scott criou roupas que imitam brinquedos

Vestido de festa para boneca de papel na coleção da Moschino.


Depois da proposta excêntrica com referências na boneca Barbie, em 2014, vieram os vestidos de princesa da Disney, que levaram até a menos romântica das mulheres a sonhar com estas peças lúdicas. Na última coleção, a marca trouxe uma pegada mais dramática, com roupas chamuscadas e 

Para a coleção cápsula apresentada hoje (22) durante a Semana de Moda de Milão, a Moschino inovou mais uma vez, com um desfile divertido e com característica kitsch - uma das marcas registradas do designer Jeremy Scott. Tanto que os convites eram frascos de comprimidos, com uma receita 
médica prescrita pelo "Dr. Moschino".

Estampas divertidas e acessórios: tudo com referências às bonecas de papel.


O estilista transformou as modelos em versões fashion de bonecas de papel, daquelas que as meninas brincam recortando e moldando as roupas, sapatos e bolsas. Estampas divertidas de lingeries e pílulas permearam a coleção, assim como maiôs, biquínis e conjuntos com desenhos de acessórios junto à logomarca da Moschino. 

Os vestidos de festa, ao final do desfile, foram um capítulo à parte: silhuetas vintage, com referências aos anos áureos de Hollywood receberam cores vibrantes na frente e totalmente brancos atrás, justamente para dar a ideia de falsa impressão.

Copyright foto: iMAXtree
Este documento, intitulado 'Moschino leva bonecas de papel às passarelas', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.