0
Obrigado

Moschino leva fumaça e peças queimadas à passarela

Com mood pop, Jeremy Scott brincou com looks absurdos – de peças chamuscadas até um vestido candelabro

Vestido dramático, com um candelabro.


A Moschino botou fogo nas passarelas da Semana de Moda de Milão. Literalmente. Em um desfile performático, realizado em um cenário com tapetes persas e móveis antigos barrocos, as modelos vestiram looks dramáticos – com direito ao único vestido candelabro que apareceu na temporada de moda de Inverno 2016-2017. 

Com referências ao rock´n´roll, o diretor criativo Jeremy Scott esquentou a apresentação da marca: um vestido soltava fumaça e várias peças foram chamuscadas. Brincos e cases para celular em forma de cigarro conferiram um toque divertido à coleção assim como as estampas de fósforos.

Nos looks, muito preto, muito couro e muitas tramas de correntes (e pérolas) que percorriam saias, casacos e vestidos. A Moschino deu um toque fetichista às peças com botas de verniz acima dos joelhos. Para completar, maxi laços em saias curtas na frente e compridas atrás e também como detalhes nas capas. Vejo o desfile na íntegra.
 

Vestido chamuscado: parece até que pegou fogo!


Copyright fotos: IMAXtree

Este documento, intitulado 'Moschino leva fumaça e peças queimadas à passarela', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.