0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Amor à primeira vista: veja as explicações sobre como o fenômeno acontece

Atratividade ou paixão sem explicação. O certo é que muitas pessoas não resistem ao primeiro olhar. Saiba o porquê

Amor à primeira vista é impulsionado pelos instintos e não pela razão.


"O amor tem razões que a própria razão desconhece". A citação de Shakespeare faz parte de um dos diálogos de sua peça mais famosa - e também mais romântica - Romeu e Julieta. Na obra, os personagens principais são dois adolescentes hipnotizados pelo amor à primeira vista. Mas será que pessoas adultas e maduras também caem nas armadilhas do amor ou paixão inesperada?

Alguns especialista contestam a expressão. Afinal, haveria uma deformação etimológica no termo. "Considerando-se que a palavra amor é, convencionalmente, ligada a uma emoção duradoura e livre de arroubos, podemos considerar que seria mais adequado usarmos 'paixão à primeira vista'", sugere a psicóloga e especialista em terapia de casal, Helena Monteiro.

Amor à primeira vista nasce de atração sexual

À luz da psicologia, o amor à primeira vista nada mais é que uma forte atração sexual. E a atratividade entre duas pessoas é mesmo difícil de explicar. Até para os especialista.

"Há tantas variáveis envolvidas no encontro amoroso que é até irresponsável tentar explicar através de uma forma clássica. Amor e tesão não advêm de equação matemática", provoca a psicóloga Isabela Rosa.

Valores pessoais, expectativas e até o momento de vida de cada um vão influenciar nessa situação nada simples que é o encontro entre duas pessoas. Desde a atração imediata, ao qual se convencionou chamar de amor à primeira vista, até se chegar a uma relação duradora.   

Feromônios e o amor à primeira vista

Outra explicação para o tão falado amor à primeira vista tem raízes no funcionamento da sexualidade humana. "Nosso padrão de escolha tem uma interferência química-neurológica enorme, a gente não se da conta desse detalhe", afirma a psicóloga e especialista em sexologia Tatiana Presser.

E quem comanda essas reações químicas e a consequente reação do sistema nervosos central são os chamados feromônios. Este conjunto de substâncias é disseminado entre seres de uma mesma espécie e está associado à atração sexual.

São os feromônios, portanto, que levariam à escolha de nossos parceiros. Por este aspecto, o amor à primeira vista depende de muitos critérios evolutivos. Segundo a Tatiana Presser, o cheiro, por exemplo, indicaria a qualidade dos anticorpos do outro ou se este tem saúde e capacidade para ter e prover filhos.

Essa aptidão pouco mensurável de identificar este aspecto no outro acabou sendo popularmente conhecida como amor à primeira vista. E não há como fugir: são mesmo os instintos evolutivos que determinam a atração inicial.

"Temos que ter é a capacidade de entender e diferenciar, nesse processo, o que não passa de uma atração inicial daquilo que pode se tornar um par ideal", reforça a psicóloga especialista em sexualidade.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Amor à primeira vista: veja as explicações sobre como o fenômeno acontece', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo