0
Obrigado

Fernanda Gentil é alvo de ataques homofóbicos nas redes sociais

Apresentadora da Globo vem recebendo mensagens ofensivas na web desde que assumiu um romance com a jornalista Priscila Montandon

Depois de assumir namoro com outra mulher, Fernanda Gentil é vítima de homofobia nas redes sociais.


Fernanda Gentil se tornou mais uma vítima da intolerância de internautas. Após assumir um romance com a jornalista gaúcha Priscila Montandon, a apresentadora do Esporte Espetacular passou a sofrer diversos ataques de teor homofóbico nas redes sociais. As mensagens ofensivas, feitas por homens e mulheres, vêm sendo publicadas em suas contas no Facebook, Twitter e Instagram.

"Ridícula, vergonha para a família e para o filho!", escreveu uma seguidora. "Eu é que não dou audiência a esse tipo de coisa, até gostava do programa, mas agora não perco mais meu tempo, apoiando esse tipo de contradição natural!", disse outro internauta. Entre muitos insultos, a jornalista ainda teve sua religião questionada e foi acusada de fazer uma "jogada de marketing" com seu novo relacionamento.

Apesar das postagens negativas, Gentil também recebeu o apoio maciço de milhares de seguidores que saíram em sua defesa e rebateram os comentários preconceituosos. Sem perder a linha, a jornalista chegou a responder pessoalmente algumas das mensagens maldosas e agradeceu o carinho dos fãs.

Vida que segue

Prestes a completar 30 anos, a apresentadora estava solteira desde abril deste ano, quando anunciou sua separação do empresário Matheus Braga - com quem teve o pequeno Gabriel, de 1 ano. Logo depois que assumiu o namoro com Priscila, a jornalista publicou um longo desabafo no Facebook falando sobre a continuidade da vida

"Hoje acordei cedo, li umas coisas sobre mim e por um segundo achei que o mundo tinha acabado. Aí olhei pro céu e vi que as nuvens ainda estavam lá. Olhei pra varanda e a piscina do meu prédio ainda estava lá. Entrei nos quartos dos meninos; tudo intacto. Conferi meu pulso: pulsando”, diz um trecho do texto. 

Depois de descrever tudo que havia feito naquele dia, Fernanda concluiu a postagem afirmando que o mundo "não acabou". "Aliás, vai continuar existindo, independentemente da roupa que vestirmos, da cor do nosso cabelo ou da nossa pele. Mas dependendo do que fizermos, ele pode não só simplesmente existir, e sim ser um lugar melhor para os nossos filhos", afirmou.

Copyright foto: Anderson Borde/AgNews
Este documento, intitulado 'Fernanda Gentil é alvo de ataques homofóbicos nas redes sociais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.