0
Obrigado

Jim Carrey rebate críticas e diz que não colaborou com a morte da ex-namorada

Ex-marido de Cathriona White acusa o ator de ter comprado as drogas da jovem que morreu há 1 ano, após uma overdose de analgésicos e sedativos

Jim Carrey nega ter comprados remédios que levaram à morte da ex-namorada.


Novos desdobramentos sobre a morte de Cathriona White estão abalando a vida de Jim Carrey, seu ex-namorado. De acordo com o site TMZ, o ex-marido de Cathriona, Mark Burton, com quem estava separada, está acusando Carrey de ter comprado as drogas prescritas que levaram a morte da jovem de apenas 28 anos.

Ainda segundo o site, três diferentes tipos de pílulas estavam em um frasco com o nome de Arthur King, que seria um pseudônimo de Carrey. Lembrando que é ilegal comprar remédios com o nome de outra pessoa nos EUA. Carrey ainda teria fornecido as pílulas para ex-namorada três ou quatro dias antes da morte dela. O processo acrescenta que o ator sabia que a jovem tinha tendência à depressão e já havia tentado se matar.

O ator se defendeu das acusações. "Há momentos na vida em que você tem que se levantar e defender sua honra contra a maldade deste mundo. Não vou tolerar essa tentativa desumana de me explorar e explorar a mulher que amei", disse Carrey em declaração oficial.

Ainda segundo Carrey, Cathriona já tinha problemas antes dele conhecê-la. "Infelizmente, o fim trágico dela foi além do controle de qualquer pessoa. Eu realmente espero que em breve as pessoas parem de tirar proveito disso e a deixem descansar em paz", finalizou o ator.

Cathriona morreu em setembro de 2015, após ter uma overdose de analgésicos e sedativos. O relacionamento dela com Carrey foi marcado por idas e vindas. Eles começaram a se relacionar em 2012, mas depois de alguns meses se separaram. Em maio de 2015, o casal voltou a namorar, mas romperam novamente em setembro. Em julho deste ano, o TMZ também revelou que a maquiadora teria deixado uma carta de despedida mostrando desespero após o término do relacionamento com o ator.

Copyright foto: SIPANY/SIPA
Este documento, intitulado 'Jim Carrey rebate críticas e diz que não colaborou com a morte da ex-namorada', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A revista da mulher (www.arevistadamulher.com.br) ao utilizar este artigo.