0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Vida de Alexander McQueen vai virar filme

Cinebiografia inédita promete abordar a relação conturbada do estilista britânico com a editora de moda Isabella Blow

Ícone da moda internacional, Alexander McQueen cometeu suicídio em 2010.


Depois de Giani Versace, outro grande ícone da moda internacional ter sua vida contada nas telonas do cinema. Dessa vez, Alexander McQueen será tema de uma cinebiografia que está em desenvolvimento pela Maven Pictures. De acordo com a revista Variety, o filme vai retratar a conturbada relação entre o estilista britânico a editora de moda Isabella Blow.

A produção se chamará The Ripper – ainda sem título em português – e terá o roteiro assinado por Gesha-Marie Bland. Por enquanto, nenhuma informação sobre a escolha do diretor, elenco ou data de lançamento do filme foi revelada.

Grandes parceiros no meio da moda, McQueen e Blow se conheceram em 1992 depois que a jornalista assistiu a um desfile do designer e adquiriu a coleção inteira por 5 mil libras. Os dois logo se tornaram amigos e passaram a trabalhar juntos. Blow, inclusive, se tornou musa inspiradora do estilista, por conta de seu estilo autoral e nada convencional.

A partir de 1996, quando McQueen era diretor criativo da Givenchy, a relação dos dois ficou estremecida depois que a editora alegou não ter sido paga por um trabalho feito para o designerBlow, que passou pelas redações da Vogue, Sunday Times e Tatler, morreu em 2008, aos 48 anos.

Queridinho de personalidades como Lady Gaga, Kate Moss, Naomi Campbell, Sarah Jessica Parker e Cate Blanchett, McQueen foi eleito quatro vezes designer do ano, na Inglaterra. Em 2010, quando completou 40 anos de idade, ele cometeu suicídio, apenas alguns dias depois da morte de sua mãe.

Copyright foto: STUART RAMSON/AP/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Vida de Alexander McQueen vai virar filme', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo