0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Genética influencia diretamente no emagrecimento, aponta estudo

Pesquisa revelou que uma variação no hormônio da saciedade pode interferir na perda de peso de pessoas obesas

Genética pode ser responsável pela dificuldade que muitas pessoas sofrem para emagrecer.


Um novo estudo divulgado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) concluiu que para emagrecer não basta apenas força de vontade: a genética também pode influenciar. Segundo Flávia Corgosinho, nutricionista e autora da pesquisa, uma variação encontrada no gene da leptina – conhecida como o hormônio da saciedade – prejudica o emagrecimento e a redução do colesterol e triglicérides.

A leptina é um hormônio que desempenha um papel fundamental na regulação do balanço energético, inibindo a fome e aumentando o gasto de energia. A pesquisadora chegou ao resultado depois de concluir que alguns adolescentes obesos não conseguiram as mesmas reduções no índice de massa corporal (IMC) e nos índices lipídicos quando comparados aos que não portavam essa variação no hormônio.

Para a pesquisa, que demorou um ano para ficar pronta, Flavia selecionou 76 voluntários considerados obesos e classificou-os em dois grupos: os que possuíam a variação na leptina e os que não possuíam. Neste período, os jovens praticaram exercícios físicos e tiveram acompanhamento médico, nutricional e psicológico. "Percebemos que os adolescentes com variação genética tinham níveis significativamente maiores de estimuladores da fome”, explicou. 
 
Não é de hoje que a nutrigenômica  – ciência que estuda como alimentos, nutrientes e outros compostos bioativos ingeridos influenciam o genoma vem sendo apontada como uma das opções de tratamento para emagrecer. No entanto, a pesquisadora também sugere outras tentativas para solucionar o problema, como a prática de atividades físicas mais frequentes ou mais intensas. "Talvez seja necessário perder 10% ou mais do peso corporal para obter os mesmos resultados do grupo sem alteração genética", conclui.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Genética influencia diretamente no emagrecimento, aponta estudo', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo