0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Escova marroquina alisa e dá brilho aos cabelos

Conheça esta técnica utilizada para deixar os fios ainda mais lisos e saiba por que alguns cabeleireiros não recomendam seu uso para cabelos muito crespos

A chapinha é usada para finalizar o processo da escova marroquina.


Depois da progressiva, é a vez da escova marroquina fazer sucesso entre as mulheres que buscam praticidade e cabelos lisos. Diferente de métodos similares de alisamento capilar, este tipo de procedimento não agride os fios porque não traz formol em sua composição. 

Esta técnica é feita com produtos ricos em aminoácidos e óleos marroquinos.  “Original do Marrocos, ela foi bem aceita no mercado brasileiro por trazer ingredientes como óleo de Argan e proporcionar um cabelo liso igual àquele das mulheres marroquinas – o que chamou a atenção das brasileiras e dos profissionais  da área”, explica Wilson Farias, visagista e hairstylist do Salão Etnic - Cabelo e Estética

Lisos e cacheados?

Que a escova marroquina deixa os cabelos mais lisos, disciplinados, macios e com brilho ninguém discute. Mas a novidade é que muitas mulheres utilizam esta técnica também para realçar as madeixas crespas.  "O uso da marroquina em cabelos cacheados reduz o volume e define os cachos porque os aminoácidos agem nas pontes capilares, dando mais forma ao cabelo”, afirma Johnny Regis, cabeleireiro e consultor do Posher, aplicativo de beleza em casa.

Nem todos os cabeleireiros concordam: Farias diz que esta “nova” utilização do procedimento não passa de um mito. “O sistema da escova marroquina precisa de temperatura para funcionar, por conter ingredientes de PH ácido. Já os produtos cacheadores são alcalinos e não dependem de aumento de temperatura”, esclarece. 


Contraindicações

Este tipo de escova, que dura de 60 a 90 dias, pode ser feita em todos os tipos de cabelos, mas com algumas ressalvas. Por exemplo: os especialistas recomendam fazer um teste de alergia antes de iniciar a aplicação. “Eu também evito fazer em gestantes porque o cheiro do produto pode enjoar um pouco”, diz Regis. 

Geralmente, a técnica é indicada para cabelos com ondulações fortes e muito volumosos. E não para os crespos. “Mas muitos profissionais passaram a indicar para cabelos crespos, o que acredito ser um equívoco, devido ao alto contraste de texturas que levam os fios crespos a romperem”, analisa o hairstylist do Salão Etnic - Cabelo e Estética.  

Antes de fazer este procedimento, é importante verificar se o salão é de confiança e usa produtos de qualidade, já que muitos itens de fabricação clandestina podem trazer o formol em sua composição

Tratamento antes e depois

Geralmente, a escova marroquina começa com a lavagem dos cabelos com um shampoo de limpeza. Depois, é feita a aplicação do produto em toda a extensão dos fios. Normalmente, o especialista deixa agir por aproximadamente 30 minutos. Em seguida, é realizada uma escova para alinhar os fios e, no caso da mulher desejar um cabelo mais liso, utiliza-se a chapinha para a finalização

Assim como outros procedimentos capilares, a escova marroquina exige um cuidado especial com os fios antes e depois. Caso contrário, os cabelos podem ficar frágeis e ainda mais quebradiços após o procedimento. “É preciso muito tratamento: antes, indico uma reconstrução para reposição de massa e fortalecimento dos fios. Duas semanas depois da marroquina, recomendo uma nutrição rica em proteínas para manter a flexibilidade dos fios”, finaliza o cabeleireiro Wilson Farias.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Escova marroquina alisa e dá brilho aos cabelos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo