23
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Diarreia na gravidez: entenda as causas e como tratar

Apesar de ser bem menos comum que a constipação, a diarreia durante a gestação pode trazer muitos incômodos 

Normalmente a diarreia na gravidez não oferece risco, mas é importante ficar atenta a outros sintomas.


Entre os relatos das gestantes a prisão de ventre é muito comum, sendo um problema enfrentado frequentemente por quem espera um bebê. Mas, apesar de ser menos recorrente, a diarreia pode surgir durante a gravidez, o que gera incômodos para a futura mamãe.

Diarreia na gestação: sintoma de outras doenças

De acordo com o ginecologista Bruno Fernandes Gouveia, o mais comum é que a diarreia na gravidez seja sintoma de algum outro problema. “Geralmente alguma virose ou mesmo infecção alimentar podem levar a gestante a apresentar a diarreia durante este período, o que, caso comprovado, possui tratamento bem simples”, explica.

“Mulheres que sofrem com a chamada síndrome do intestino irritável ou diverticulite possuem maior probabilidade de apresentar diarreia também durante a gravidez, uma vez que o problema neste caso já é crônico”, acrescenta Gouveia . 

O especialista afirma que, assim como em não gestantes, a duração deste problema é bem curto. “Com a ingestão de bastante líquidos para evitar a desidratação – entre água, chás e sucos, além do repouso, certamente a diarreia na gravidez irá desaparecer em aproximadamente 24 horas”, ressalta.

Bruno Fernandes Gouveia lembra ainda que neste período é importantíssimo optar por uma alimentação mais leve. “Evitar alimentos gordurosos, por exemplo, vai ajudar no equilíbrio do organismo, o que acelera o processo de recuperação da gestante”, destaca. 

Casos mais sérios

O ginecologista explica também que existe uma condição mais rara, que é conhecida como impacção ou impactação fecal. Segundo ele, isso ocorre após um longo período de prisão de ventre, fazendo com que as fezes presas e endurecidas levam a uma obstrução total ou parcial do intestino grosso. Assim, as fezes mais moles vazam ao redor e saem na forma de diarreia. 

Bruno Gouveia alerta que casos como esses são geralmente acompanhados de outros sintomas, como náusea, vômitos, dores abdominais e sensação de barriga inchada. “Em uma situação como esta é preciso que a gestante seja imediatamente avaliada e tratada por um médico especialista”, reforça, o que pode ser evitado ao não ficar mais de dois dias sem defecar.

Tanto neste caso quanto na insistência da diarreia por mais de 24 horas, a gestante devera procurar seu médico especialista. “Somente o especialista terá o conhecimento e a experiência necessários para analisar de maneira mais efetiva cada caso, solicitar exames e verificar se há algum problema mais sério”, conclui.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Diarreia na gravidez: entenda as causas e como tratar', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo