0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Elenco de "Aquarius" protesta no tapete vermelho de Cannes

"Um golpe ocorreu no Brasil" e "O mundo não pode aceitar esse governo ilegítimo" foram algumas das mensagens exibidas em cartazes pela equipe do filme brasileiro

Sonia Braga e equipe de Aquarius protestam em Cannes.


Em mais um dia do Festival de Cinema de Cannes, a equipe do filme brasileiro Aquarius fez um protesto contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e contra o presidente interino do Brasil, Michel Temer, nesta terça-feira (17). O filme, que foi elogiado pela crítica, é o único longa do país que concorre à Palma de Ouro nesta edição do festival. 

A atriz Sonia Braga, a equipe de produção e o diretor, Kleber Mendonça Filho, passaram pelo tapete vermelho com cartazes que traziam frases como: "vamos resistir" e "houve um golpe no Brasil". Nas mensagens exibidas, a produção também destacou o número de votos recebidos por Dilma nas eleições presidenciais de 2014: "54.501.118".  Mesmo dentro da sala de exibição, os protestos continuaram: antes da apresentação do filme, uma faixa com a frase "Parem o golpe no Brasil" foi estendida.

Pelas redes sociais, a presidente afastada, Dilma Rousseff, agradeceu o apoio. "Ao elenco extraordinário do filme #Aquarius um beijo em nome da democracia. #Cannes2016", escreveu. Um dos membros da equipe chegou a desabotoar a camisa que vestia para mostrar a estampa da camiseta que usava por baixo do traje social, que trazia um retrato de Dilma Rousseff em 1970, aos 23 anos, quando foi uma das diversas presas políticas do regime militar.

Em entrevista para a agência de notícias AFP, a atriz Sônia Braga opinou sobre a conjuntura política brasileira. "Eu moro nos Estados Unidos, mas também no Brasil. Tenho família e amigos lá e penso que o que está acontecendo, a manipulação da tomada do poder, tem que ser exposto ao mundo inteiro. Uma das coisas que mais me preocupa é como o Brasil está dividido. Nunca havia visto o meu país tão dividido."

Ainda sem previsão de estreia no Brasil, Aquarius conta a história de Clara (Sônia Braga), uma jornalista e crítica de música aposentada que vive sozinha em um edifício antigo de frente para a praia de Boa Viagem, no Recife. Alvo constante da especulação imobiliária, ela se recusa a vender seu apartamento, sofrendo pressões da construtora e dos próprios vizinhos.

Elenco de Aquarius estende faixas contra atual governo brasileiro.

Copyright foto: James Gourley/Shutterst/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Elenco de "Aquarius" protesta no tapete vermelho de Cannes', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo