0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Ben Affleck pode morar com a ex-mulher em Londres

Segundo o The Sun, o ator pediu que Jennifer Garner estivesse ao lado dele, junto com os filhos, no período de gravação de um novo filme 

O casal junto em 2014 na festa da Vanity Fair.


Dez meses após o divórcio, parece que a relação entre Ben Affleck e Jennifer Garner continua muito boa. Ao contrário de outros casais de Hollywood, que nem conversam após uma separação, os dois seguem se encontrando com frequência. Prova disso, foi o pedido de Affleck para que Jen e os filhos, Violet, Seraphina, e Samuel morem com ele em Londres durante as gravações do filme Liga da Justiça: parte 1.

De acordo com o The Sun, o ator alugou uma casa na capital inglesa e quer que a ex-mulher e os herdeiros fiquem com ele nos próximos meses.  "Ben quer sua família perto dele enquanto ele trabalha. A família unida novamente vai ser uma excelente experiência para eles, apesar de o casal não estar mais junto", disse uma fonte à publicação. 

Esta mesma fonte reiterou que os dois são muito unidos e que a mudança deve acontecer em breve. “Eles criaram um novo tipo de relação comum, que deve continuar com ela indo morar em Londres com ele", completou. 

Jennifer Garner e Ben Affleck se casaram em 2005, no cenário paradisíaco das Ilhas Turcas e Caicos. Eles se separaram em 2015 e, somente no início deste ano, a atriz comentou o divórcio: “Ele é o amor da minha vida. O que vou fazer sobre isso? Ele é a pessoa mais brilhante em qualquer lugar que esteja, o mais carismático e o mais generoso. Ele é apenas um cara complicado", disse em entrevista à Vanity Fair.  

Copyright foto: SIPANY/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Ben Affleck pode morar com a ex-mulher em Londres', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo