0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Molhos para saladas: dicas de um chef para incrementar os sabores

Descubra como fazer da sua salada uma entrada marcante e se surpreenda

Com estas dicas você transforma o sabor de sua salada.


Por mais que se chame atenção para as entradas, o prato principal e a sobremesa sempre ganham mais atenção. O que não deveria acontecer, pois se existe um ditado muito verdadeiro é aquele que afirma que “a primeira impressão é a que fica”. 

Por isso, A Revista da Mulher conversou com o chef Jorge Costa e traz algumas dicas de como tornar um simples molho de salada em algo marcante, mas sem exageros. Estas dicas vão ajudar você a “gourmetizar” as saladas e transformar suas refeições em verdadeiros eventos gastronômicos.

Tipos de molhos para salada

Jorge Costa explica que existe uma enorme variedade de molhos, mas que o mais importante é saber combinar seus sabores com o tipo de salada a ser servida. “Molhos para saladas podem ser ácidos, agridoces, salgados, amargos, apimentados, doces, picantes, untuosos. Podem ser quentes ou frios, líquidos, cremosos ou gelatinosos”, destaca.

Mais do que simplesmente um complemento, o molho deve surpreender. “Uma boa salada, para ser completa, deve ser acompanhada por um bom molho, que muitas vezes se torna o elemento de destaque, a exemplo da clássica Caesar Salad”, ressalta.

O chef lembra ainda que existem molhos clássicos de saladas como o vinagrete, que é muito fácil de preparar. “É basicamente uma mistura de um elemento oleoso com um ingrediente ácido, como azeite de oliva e vinagre, que podem ser substituídos por outros elementos coincidentes, desde que apresentem uma proporção de três partes do elemento oleoso para uma parte do elemento ácido”, explica.

Costa diz, ainda, que existe uma infinidade de vinagretes, com vários sabores e combinações. “Muito conhecido pelos adeptos do churrasco é o molho Campanha, que nada mais é do que um vinagrete composto de pimentões, cebola e tomate”, completa.

O chef destaca também que outro molho clássico para saladas é a maionese. “É uma emulsão bastante conhecida e de larga utilização, que pode ser combinada com vários elementos e proporcionar uma infinidade de sabores”.

Incrementando seu molho de salada

Para quem quer fugir do óbvio, existem diversas maneiras de gourmetizar o molho, conforme afirma o chef. “Pode ser associado a ervas como o tomilho, a salsa, o coentro, o estragão, a cebolinha, o manjericão, o alecrim, etc. Também pode ser fundido com outros molhos como o catchup e a mostarda, ou líquidos como suco de frutas e bebidas alcoólicas”.

Alguns cuidados sempre são importantes, principalmente com a adição de certos ingredientes. “Em relação à maionese, deve-se evitar fazê-la com ovo cru, devido ao risco de contaminação por Salmonella, bactéria que pode causar sérios danos à saúde. O ideal é utilizar ovos pasteurizados ou maionese industrializada. Existem excelentes marcas e de fácil acesso”, destaca.

Para mudar mais fortemente os sabores e texturas, Jorge Costa dá outra dica valiosa: “iogurtes também são ótimos para a confecção de molhos, fornecendo sensações de leveza e refrescância, principalmente se associados a ervas frescas”. 

“Use a criatividade para a elaboração de um bom molho de salada e tenha em mente que ingredientes como ervas, frutas, vinagres, azeites, óleos, conservas, condimentos e especiarias são essenciais, desde que bem combinados, pois o molho não pode ‘mascarar’ o sabor da salada, mas sim ser um elemento complementar. Além disso, não exagere na quantidade e na concentração de seu molho”, conclui.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Molhos para saladas: dicas de um chef para incrementar os sabores', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo