0
Obrigado

Manifestantes do PETA fazem protesto antes do desfile da Fendi em Paris

Durante a semana de alta costura, grupo de militantes pediram o fim da tortura contra animais que são alvo de grifes de luxo na confecção de roupas de pele

Manifestante chocou ao surgir com um macacão estampado com a musculatura humana, em referência ao estado que os animais são deixados após a extração da pele.


Em protesto contra o uso de peles de animais, um grupo de manifestantes do PETA surpreendeu os convidados que chegavam para o aguardado desfile da Fendi na semana de alta costura de Paris, nesta quarta-feira (08). Representantes da associação de defesa aos direitos dos animais se uniram a militantes da Fundação Brigitte Bardot, que também luta pela mesma causa, para pedir pelo fim da tortura contra animais que são alvo de grifes de luxo na confecção de roupas de pele.

Com cartazes e palavras de ordem, o grupo apareceu na entrada do evento, poucos minutos antes do início do desfile da marca, que comemora 50 anos de colaboração criativa com Karl Lagerfeld. Mais exaltada, uma das participantes chocou ao surgir com um macacão estampado com a musculatura humana, em referência ao estado que os animais são deixados após a extração da pele. A ação chamou a atenção de curiosos que passavam pelas imediações da elegante Avenue Montaigne e acabou reprimida pelas forças de ordem da capital francesa.

Esta é a primeira participação da Fendi na temporada de haute couture de Paris. Para a estreia, Lagerfeld prometeu uma coleção de “haute fourrure” (“alta pele”, em tradução livre para o português), considerada especialidade da maison. Na época, a declaração do designer escandalizou entre organizações pró-animais que já conhecem a fama da marca - única no mundo a ter um ateliê de peles próprio

Copyright foto: LaurentVu/SIPA
Este documento, intitulado 'Manifestantes do PETA fazem protesto antes do desfile da Fendi em Paris', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.