0
Obrigado

Cuidados com a pele no inverno

A baixa umidade do ar que surge com a chegada inverno, somada ao vento frio característico da temporada, pode influenciar diretamente a saúde da pele

Cuidados com a pele no inverno são essenciais para mantê-la bonita e hidratada o ano todo.


O Inverno já chegou e, com ele, as baixas temperaturas e o clima frio e seco. E não é só guarda-roupas que deve estar preparado para essa mudança: quem deseja ter a pele macia e suave também na estação mais fria do ano, precisa se equipar com itens de beleza que hidratam e protegem a pele. 

Segundo o dermatologista Abdo Salomão Junior, o inverno, somado a fatores como banhos quentes e ventos frios, deixa a pele mais seca e com menos elasticidade. É por isso que as rugas ficam mais evidentes neste período. “Alguns pacientes sentem aquela sensação de que a pele vai trincar quando sorriem. Nos dias frios algumas doenças de pele podem piorar, como dermatite atópica, que é aquele ressecamento da pele que ocorre particularmente em crianças e idosos, que sofrem mais com clima seco”, afirma.


Para uma hidratação completa da pele, Salomão Junior sugere produtos a base de ureia (em uma concentração de 8 a 12%), óleo de girassol (de 3 a 6%), óleo de amêndoas (em torno de 4%) e ácido lático (em torno de 4%). “Em versões manipuladas, o uso desses elementos, em cremes ou emulsões água em óleo, fornece excelentes hidratantes para a pele. Entre os produtos comerciais, existem uma grande variedade de nomes e marcas, mas é importante escolher aqueles que possuem esses princípios ativos”, explica. 

O ideal é usar cremes hidratantes no mínimo duas vezes ao dia: de manhã e a noite, depois do banho. No caso do protetor solar, vale optar por versões mais oleosas. “Os protetores solares que servem para o verão não servem para o inverno, pois a característica e a necessidade da pele é completamente diferente nos dias frios; os cremes da noite também devem ser revistos nesse período”, analisa Salomão Junior. 

É importante ressaltar que banhos quentes também contribuem para acelerar o ressecamento da pele, já que a alta temperatura da água reduz a camada de proteção natural. Por isso, o banho durante o inverno deve ser rápido, de 5 a 7 minutos, com água morna, sabonete neutro e sem bucha. 

Para ter uma cútis invejável até mesmo na estação mais fria do ano, confira todos os conselhos do especialista:  

Tomar pelo menos 2,5 litros de água por dia;

Escolher produtos com toque mais oleoso específicos para esse período do ano, pois eles ressecam menos a pele; 

Para quem tem tendência à pele seca, usar menos sabonete ou optar por versões neutras;

Se usar piscina aquecida, antes de entrar e depois de sair, aplicar o creme hidratante;

Durante o banho, evitar esfregar muito a pele para não ressecá-la e optar por toalhas de algodão, na hora de se enxugar;

Evitar poeira, produtos químicos, cal, giz e todo tipo de resíduos que possa ressecar ainda mais a pele. 

Copyright foto: iStock