0
Obrigado

Angelina Jolie fez cirurgia para retirar ovários

Procedimento foi feito dois anos após a atriz ter sido submetida a uma mastectomia, como prevenção ao alto risco de câncer de mama devido a histórico familiar 

Dois anos após matectomia, Angelina Jolie se submete à cirurgia para retirar ovários.


A atriz americana Angelina Jolie está mais uma vez no foco das atenções por uma decisão polêmica. Dois anos após a retirada dos seios como medida preventiva ao câncer de mama, a celebridade se submeteu a outro procedimento cirúrgico, desta vez para a retirada dos ovários, também por causa do risco de câncer.

De acordo com nota no jornal americano New York Daily News, a estrela de Hollywood diz ter feito análises de rotina com seu médico e soube que o seu CA125 - índice de detecção de câncer - era normal.

"Dei um suspiro de alívio" contou Angelina. Em seguida, a atriz acrescentou que o médico lhe informara sobre um elevado número de marcadores inflamatórios que, em conjunto, poderiam ser o primeiro estágio de um câncer.

"Passei por todas as fases emocionais após escutar isso", escreveu a atriz. "Eu disse a mim mesma para ficar calma, ser forte, e que não tinha nenhuma razão para pensar que não viveria o suficiente para ver meus filhos crescerem e conhecer meus netos. Liguei para meu marido na França, que estava em um avião há horas. O mais bonito sobre esses momentos na vida é que há muita clareza. Sabemos pelo que vivemos e o que realmente importa", relatou a atriz.

"Havia sempre uma possibilidade de câncer precoce, mas menos do que se fosse um tumor já desenvolvido. Para tranquilizar-me, a opção seria remover os ovários e as trompas de Falópio. Eu escolhi fazê-lo", conclui Angelina.

Com a retirada dos ovários, a atriz de 39 anos entrará em menopausa precoce e precisará de reposição hormonal. A mãe de Angelina Jolie morreu aos 56 anos de câncer de ovário.

Copyright foto: Emrah Yorulmaz/ABACAPress
Este documento, intitulado 'Angelina Jolie fez cirurgia para retirar ovários', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://www.arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.